Notícias

Mãe surpreende a todos com atitude durante funeral do filho

No Cemitério Municipal Jardim da Saudade, localizado na cidade de Londrina, no interior do estado do Paraná, ocorreu o sepultamento do corpo do bebê Thiago Rocha, de dois anos, no final da manhã de sábado, dia 17.

Infelizmente, o trágico fato ocorreu após uma semana de desaparecimento, quando o menino foi encontrado sem vida na sexta-feira, dia 16. Devido às condições em que o corpo da criança foi encontrado, não houve velório, e o sepultamento foi restrito a amigos e familiares.

O delegado responsável pelo caso, João Reis, está conduzindo a investigação e afirmou que os exames de necropsia realizados pelo Instituto Médico-Legal (IML) serão cruciais para determinar a causa do falecimento do bebê, incluindo a possibilidade de afogamento.

Normalmente, os resultados desses exames são divulgados em até 10 dias. O corpo de Thiago Rocha foi encontrado no Ribeirão Três Bocas, a 9 quilômetros do Parque Daisaku Ikeda, onde ele foi visto pela última vez. A Polícia Civil está investigando as circunstâncias que levaram à morte da criança.

Durante as buscas, Edelcio Palharesque, um voluntário em uma das embarcações, avistou o corpo do bebê. Um vídeo desse momento foi registrado.

Segundo o depoimento do casal à polícia, eles deixaram o bebê dentro do carro para pegar alguns pertences antes de sair do parque. Ao perceberem, a dois quilômetros de distância, que o menino não estava mais no veículo, eles retornaram ao parque, mas não encontraram Thiago. Assista Abaixo 

Uma mulher que passava pela região testemunhou o desespero da mãe e contatou o Corpo de Bombeiros, que iniciou as buscas no mesmo dia. É importante destacar que a entrada no local, que está desativado desde 2016, é proibida.

Após a confirmação da morte de Thiago, a mãe e o namorado têm recebido ameaças nas redes sociais, conforme relatado pelo advogado Fernando de Souza, que representa o casal.

“Não há indícios de que eles tenham cometido um crime. Ambos estão sendo ameaçados pela internet e recebendo mensagens de agressão. O que aconteceu ali pode ter sido um acidente. Vamos aguardar novas informações que o inquérito pode trazer”, afirmou o advogado.

No dia do enterro do pequeno Thiago Vinicius, a mãe continua recebendo ameaças cruéis nas redes sociais. O corpo da criança, que tinha apenas 2 anos de idade, foi encontrado na sexta-feira, após um período de seis dias desaparecido, em um rio na região de Londrina, no Paraná.

O desaparecimento do menino ocorreu durante um passeio com sua mãe e padrasto em um parque abandonado. Segundo os depoimentos, a mãe afirmou que havia colocado o menino no veículo. No entanto, foi somente quando chegaram em casa que perceberam a ausência da criança. As autoridades descartaram a possibilidade de envolvimento da mãe e do padrasto em

Botão Voltar ao topo