Notícias

Justiça conclui que namorada baleou delegado e depois tirou a própria vida

A Justiça de São Paulo concluiu que o influenciador e delegado digital Paulo Francisco Muniz Bilynskyj foi baleado por sua namorada, a modelo Priscila Delgado Barrios, que então tirou sua própria vida no prédio da vítima, localizado no ABC Paulista.

O incidente ocorreu em maio de 2020, em São Bernardo do Campo, e foi amplamente noticiado na mídia.

De acordo com a Polícia Civil, Priscila tentou assassinar a delegada por ciúmes e depois tirou sua própria vida, aos 27 anos de idade. Esta é também a afirmação de Paulo, que, após ter sido baleado seis vezes, foi submetido a cirurgia, mas ainda está vivo.

Agora, em 2022, o dedo médio de sua mão direita foi amputado, pois foi atingido pelos tiros e sofreu perda de movimento e complicações.

O relatório policial foi ainda apoiado pela perícia técnico-científica, que analisou a casa onde ocorreu o crime.

1 2Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo